Como convencer seu chefe a te contratar como freelancer
 Publicado: 18/09/2014 Atualizado: 07/11/2016

Como convencer seu chefe a te contratar como freelancer

Conquiste seu primeiro cliente. Prove para o seu chefe que você tem condições de entregar resultados mesmo trabalhando fora da empresa.
  Por Henrique Pochmann
Chefe, precisamos conversar.

Se preferir, clique no player e ouça este conteúdo
no podcast do AparelhoEletrico.com

Se você tem um líder que gosta do seu trabalho e confia em você, considere seriamente a possibilidade de ele se tornar o seu primeiro cliente. É muito comum vermos bons profissionais continuarem prestando serviços para a antiga empresa. Aproveite esta chance! Este artigo vai ajudar você a fazer a transição de funcionário para freelancer. Veja abaixo os tópicos abordados:

  • Analise a sua situação na empresa;
  • Seja discreto;
  • Abra o jogo com o seu chefe;
  • Deixe ele seguro;
  • Evidencie as vantagens;
  • Apresente uma proposta adequada;
  • Se necessário, sugira uma experiência como teste.

 

Analise sua situação na empresa

De funcionário para freelancer - analise a situação

Antes de formalizar uma proposta para o seu chefe, você precisa saber se está no momento adequado para a transição.

O ponto aqui é entender o quão bem-visto você e seu trabalho são dentro da empresa. Se você é um funcionário exemplar, sempre é requisitado para os principais projetos, e quando o seu chefe quer algo bem-feito ele pede a você, perfeito! Você está em uma condição muito favorável para oferecer os seus serviços como Freelancer.

Mas só isso não basta.

Você também precisa conhecer a política de fornecedores da empresa. Ela tem histórico de trabalhar com outros freelancers?

Algumas empresas mais conservadoras preferem executar todo o trabalho internamente.

Se você não tem certeza, busque informações com colegas que estão há mais tempo na casa, pergunte se já existiram casos de terceirização de projetos na sua área. Mas não entregue seu plano.

Se onde você trabalha é comum trabalhar com freelancer, ótimo.

Mas perceba como esta prática anda sendo vista. Há casos onde empresas, habituadas a trabalhar com terceiros, desistem de terceirizar projetos devido a baixos resultados, dificuldade de comunicação ou mesmo de gerenciamento da mão de obra.

Tente descobrir se os responsáveis pela terceirização estão contentes com os parceiros que têm hoje. Se estiverem descontentes, há grandes chances de ficarem felizes com você atuando para eles, pois já conhecem seu trabalho.

 

Seja discreto

De funcionário para freelancer - seja discreto

Neste momento, discrição é fundamental. Evite ao máximo contar sua ideia para outros colegas de trabalho.

Se você quer se aconselhar, opte por um colega no qual você confia e que conhece mais a empresa do que você. Falar abertamente sobre o seu plano pode gerar desconforto em outros profissionais e isso pode acabar atrapalhando o sucesso da sua empreitada.

Por isso, nessas horas, manter sigilo é muito melhor.

 

Abra o jogo com o seu chefe

De funcionário para freelancer - transforme seu chefe no seu primeiro cliente - explique a situação

Não tente camuflar a sua real vontade. Seja transparente.

Conte ao seu chefe que você gosta da empresa e do trabalho que desempenha, mas tem visto no formato de trabalho freelancer a possibilidade de realizar o sonho de ser dono do próprio negócio, e que ficaria feliz se pudesse contar com ele para dar esse primeiro e importante passo.

Não tenha receio de pedir esta ajuda ao seu chefe. Se ele gosta do seu trabalho, provavelmente vai ficar contente em ser uma peça fundamental para a sua conquista.

 

Deixe seu chefe seguro

De funcionário para freelancer - transforme seu chefe no seu primeiro cliente - deixe seu chefe seguro

Seu empregador precisa acreditar que trocar um funcionário por um fornecedor pode ser um bom negócio.

Por isso, você precisa passar segurança, ele não pode entender como uma dificuldade o fato de você não estar mais trabalhando dentro da empresa.

Por isso, sugiro que você apresente um fluxo de trabalho onde ele sinta que o contato permanece direto. 

É fundamental manter a relação de trabalho próxima e constante.

Você pode, por exemplo, se comprometer a enviar um e-mail semanal ou diário (dependendo do fee acertado) com a planilha de follow-up (lista com o status e prazos das demandas a desempenhar).

Ou ainda, agende reuniões presenciais para conversar sobre as tarefas.

Seu futuro cliente precisa sentir que vai ser fácil gerenciar seu trabalho, quanto mais você colaborar para esta tarefa, mais chances você tem da sua proposta ser aceita.

Garanta também para ele que sua dedicação e empenho não diminuirão. Deixe claro que o fato de estar trabalhando como freelancer, sem supervisão direta, não influenciará em nada o seu comprometimento.

 

Evidencie as vantagens

Um funcionário com carteira assinada custa bem mais do que o salário que ele recebe, você sabia disso?

Além do salário, a empresa precisa arcar com vale transporte, vale refeição, 13º salário, ou seja, uma infinidade de outros custos. Tudo isso gera um montante por volta de 60% a mais sobre o pagamento mensal acertado com o funcionário.

Por exemplo, se um profissional tem a carteira assinada por R$ 2.500,00, ele pode custar em torno de R$ 4.000,00 para a empresa. É bastante, não?

O Calculador é um site que pode ajudar você a ter uma referência destes valores. Mas lembre-se que estes cálculos podem variar de acordo com cada região e realidade do mercado.

 

Eis uma lista de benefícios que você pode apresentar ao seu chefe:

  • Economia com vale transporte;
  • Economia com vale refeição;
  • Economia com 13º salário;
  • Economia com o pagamento de férias;
  • Economia com FGTS;
  • Redução de custos com água, luz, lanches, maquinário, ferramentas e utensílios do local de trabalho;
  • Mais espaço livre dentro da empresa: mesa, cadeira, computador;
  • Redução de custos com horas extras;

Da pra notar que seu chefe vai economizar muito dinheiro. Se você listar todas as vantagens em uma proposta de trabalho bem-feita, certamente ele levará o assunto a sério.

Você pode usar o modelo de proposta de trabalho que eu disponibilizei no Freelancer Doc Box ou criar o seu próprio modelo.

 

Apresente uma proposta adequada

De funcionário para Freelancer - transforme seu chefe em seu primeiro cliente - Apresente uma proposta adequada

No O Incrível Manual do Freelancer Moderno, escrevi um capítulo sobre propostas, vale a pena dar uma olhada, o e-book / livro está para download grátis por tempo indeterminado no link acima.

É fundamental formalizar em um documento como se dará a nova relação de trabalho. Baseando-se nos valores e vantagens que vimos nos tópicos anteriores, escreva uma proposta de trabalho simples e objetiva.

Não se esqueça de documentar como será a rotina de trabalho e o controle de demandas.

Lembre-se, seu objetivo aqui é conquistar o seu chefe como seu primeiro cliente e não trabalhar exclusivamente para a empresa dele.

A ideia é que você se torne um freelancer e não um trabalhador remoto.

Faça uma proposta de trabalho onde você receba um valor justo pelo tempo de trabalho a ser investido.

Não deixe a ansiedade te dominar, você pode acabar prometendo coisas demais e ficar preso à apenas este trabalho. Lembre-se, você precisa ter tempo para correr atrás de outros clientes.

Estrategicamente falando, não é bom ter a maior parte dos rendimentos vindos de um único cliente. Porque se ele cancelar o contrato, você pode ficar em uma situação bastante complicada.

 

Se necessário, sugira uma experiência como teste

De funcionário para freelancer - se necessário sugira uma experiência como teste

Se você seguiu todas as dicas aqui apresentadas e sentiu que seu chefe não está convencido de que seria uma boa ideia, proponha um teste. Sugira trabalhar de casa por uma semana como forma de simular a sua atuação como freelancer.

Neste período que você estiver em casa, garanta que seu trabalho seja impecável, esforce-se para entregar os melhores resultados.

Na próxima semana, quando retornar a empresa, pergunte ao seu chefe o que ele achou da experiência. Se ele apontar algo que não gostou, apresente opções para contornar a situação e proponha uma nova semana de trabalho longe da empresa.

Você pode seguir neste ciclo até que ele se sinta totalmente confortável com a sua proposta.

 

Estamos chegando ao fim do artigo. Reveja todos os passos

  • Analise a sua situação na empresa;
  • Seja discreto;
  • Abra o jogo com o seu chefe;
  • Deixe ele seguro;
  • Evidencie as vantagens;
  • Apresente uma proposta adequada;
  • Se necessário, sugira uma experiência como teste.

 

Concluindo

Os números não nos deixam mentir, transformar um funcionário em fornecedor freelancer é economicamente atraente para os empregadores. Se você tem uma ótima reputação na empresa em que trabalha, acredite, esta é uma oportunidade real para você.

Basta apenas apresentar uma proposta sensata de trabalho para iniciar a negociação.

Caso você tenha mudado de trabalho recentemente e a atual empresa ainda não conhece tão bem o seu trabalho, construa a sua reputação, faça a diferença e só então coloque em prática as dicas deste artigo.

Boa sorte!

Você já passou por esta situação, como foi? Comente aqui abaixo, eu gostaria muito de conhecer a sua história.

Se você acha que esse conteúdo é útil, compartilhe ele nas suas redes sociais. Isso ajuda o Aparelho Elétrico a continuar publicando conteúdo relevante e gratuito.

Cadastre-se na nossa newsletter e seja o primeiro a saber da publicação de novos posts como esse. Basta colocar seu e-mail no box abaixo.

Hey, GOSTOU DESTE POST?
Assine GRÁTIS nossa newsletter e receba nossas atualizações antes de todo mundo.

Você ainda leva uma cópia do “O Incrível Manual do Freelancer Moderno” direto no seu e-mail e sem pagar um tostão por isso.
 Enviamos conteúdo relevante, sem spam. E você pode se descadastrar quando quiser.
Publicado por:
Henrique Pochmann
Criou o Aparelho Elétrico em 2014. Produz e apresenta o podcast do blog. Trabalha com marketing digital desde 2002. Quer mais tempo para colocar outros projetos em prática, quer uma bicicleta e quer uma bio mais legal também.

Recomendados para você
 podcast
Será que isso é sempre uma roubada? Vem ouvir e pegar vários insights pra encarar esse tipo de proposta da forma adequada.
  Por Henrique Pochmann
 Vídeos
Criamos um vídeo recheado de dicas. Falamos sobre precificação, condução de projetos, registrar empresa y otras cositas más.
  Por Henrique Pochmann
 Gestão
Veja como definir preços, como redigir propostas, como se relacionar com clientes e várias outras dicas.
  Por Henrique Pochmann
 podcast
É preciso estar preparado para aguentar os altos e baixos da vida freelancer. Será que você tem o perfil adequado? Vem ouvir pra descobrir.
  Por Henrique Pochmann
Participe da Conversa
  • Hugo Barbosa

    Excelente conteúdo. Parabéns!

  • Jonara Cordova

    Oi, Henrique! Nem tinha lido esse artigo ainda, mas tive a ideia de falar com meu chefe sobre trabalhar de casa. Argumentei que seria mais vantajoso para ambos os lados, falei da economia que seria feita, etc. Infelizmente, a ideia não foi aceita. Ele alegou que seria injusto com os demais colegas, que vão até a empresa. Disse para “irmos conversando”, mas que a princípio não daria. Fiquei sem saber o que responder. :/ Tu achas que eu poderia retomar a ideia com alguma proposta por escrito ou talvez sugerir um teste? Será que não seria insistente/chato, já que ele negou a ideia, de primeira? Ah, parabéns pelo artigo! Muito completo.

    • Oi, Jonara!

      Infelizmente o trabalho remoto ainda é novidade para muitos chefes. Não é visto com bons olhos por eles porque não sabem bem como gerenciar seus funcionários a distância. O que eu te indico é sugerir um teste a ele. Sugira pra ele que você possa trabalhar um dia de casa, assim ele pode ver como é o seu desempenho. A partir daí você vai introduzindo essa realidade aos poucos. É importante também garantir pra ele que seu desempenho será melhor trabalhando de casa.

      Espero ter te ajudado pelo menos um pouco. Se der, depois passa aqui e conta como você resolveu.

      Grande abraço e obrigado por comentar.

Publicidade
MAIS DE 8.000 PRofissionais independentes Já recebem ANTECIPADAMENTE AS nossas atualizações.
Cadastre-se na nossa newsletter e receba “O Incrível Manual do Freelancer Moderno” direto no seu e-mail, sem pagar nada por isso.
 Sempre enviamos conteúdo relevante, sem spam. E você pode se descadastrar quando quiser.